julho 29, 2008


De mim a ti, de ti a mim,
quem de tão longe alguma vez regressa?

Jorge de Sena


1 comentário:

This Mortal Coil disse...

Também há beleza na tristeza...

Wladimir Spinelli disse que "Tudo na vida tem um certo valor, até o vazio interior que brota no silêncio da tristeza de um amor iludido e não correspondido"