março 31, 2006

Faz hoje 11 anos meu tudo..

Devagar, o tempo transforma tudo em tempo.
O ódio transforma-se em tempo, o amor
transforma-se em tempo, a dor transforma-se
em tempo.

Os assuntos que julgámos mais profundos,
mais impossiveis, mais permanentes e imutáveis
transforma-se devagar em tempo.

Por si só, o tempo não é nada.
A idade não é nada.
A eternidade não existe.
No entanto, a eternidade existe.

Os instantes dos teus olhos parados sobre mim eram eternos.
Os instantes do teu sorriso eram eternos.
Os instantes do teu corpo de luz eram eternos.

Foste eterno até ao fim.

J.L.Peixoto

2 comentários:

luali disse...

aiiii... ta lindoo

arrepiaste-me toda!

Tiny Tear disse...

O mérito é todo do autor..Mas os sentimentos..